Comunicação Rural: Legitimando a Inclusão Digital no campo

Autores

  • Juliana Correa Bernardes Universidade Estadual Paulista (UNESP)
  • Eduardo Baio Bonfim Universidade Estadual Paulista (UNESP)

Palavras-chave:

Comunicação Rural. Inclusão Digital, Agricultura Familiar, Internet

Resumo

Por meio de análise contemporânea, notou-se que o meio rural do interior paulista experimenta drástica transformação e exigiu que os produtores rurais da agricultura familiar se adaptarem as inovações tecnológicas, onde a mais marcante elenca-se o uso da internet na busca de informações para o desenvolvimento sustentável da propriedade rural. A pesquisa adotou um caminho metodológico de caráter exploratório, por meio de estudo de caso, na qual foram analisadas como objetivo geral a difusão e usabilidade das tecnologias de informação e comunicação no meio rural do interior paulista, com base em formulários aplicados a produtores rurais da agricultura familiar, pertencentes à Associação de Bananicultores de Tupã. Na busca de conseguir este objetivo, refletiu-se sobre o uso da internet no meio rural e mensuraram-se os fatores que potencializam as barreiras de comunicação digitais na zona rural abordando que a exclusão digital se torna fator limitador ao acesso. Neste sentido, a comunicação rural surge como elo relacional mediando soluções e incorporando a difusão de inovações na busca da alfabetização digital dos produtores rurais contribuindo para democratização da sociedade na era da informação.

Biografia do Autor

Juliana Correa Bernardes, Universidade Estadual Paulista (UNESP)

Mestranda em Agronegócios e Desenvolvimento pela Faculdade de Ciências e Engenharia - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho/Tupã (2016). Graduada em Medicina Veterinária pelas Faculdades Adamantinenses Integradas (2014). Atualmente, membro participante do Projeto de extensão - Grupo Competências Digitais para Agricultura Familiar - CoDaf, vice-coordenadora do Projeto de extensão - Kamby " De olho no leite", membro participante do grupo de Pesquisa em Gestão e Educação Ambiental - PGEA. Membro conselheiro da Secretaria Municipal de Saúde de Tupã - Biênio 2015-2016 e 2016-2017, representante da Associação de Médicos Veterinários e Zootecnistas de Tupã e Região - AMVZTR e Membro do Comitê de Ética Animal da Faculdade de Ciências e Engenharia- Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho/Tupã. Experiência profissional em clínica e manejo de equídeos e bovinocultura de corte e leite, clínica e cirurgia de pequenos animais, atuando nos temas: prevenção, desenvolvimento, comitê de ética e bem-estar animal, interação profissional, projeto social e extensão rural.

Eduardo Baio Bonfim, Universidade Estadual Paulista (UNESP)

Discente do Curso de Administração, Departamento de Administração, UNESP – Faculdade de Ciências e Engenharia.

Referências

BERNARDES, J. C; BERNARDO, C.H.C. Rede Social Virtual: um caminho para a democratização. Trabalho apresentado na XVII Jornada Multidisciplinar: Diversidade, Acessibilidade e Direitos: Diálogos com a Comunicação – DCHU – Jornada Multidisciplinar realizado de 11 a13 de agosto de 2015, p. 120-124. Bauru/SP, 2015. Disponível em: <http://www.faac.unesp.br/Home/Departamentos/CienciasHumanas45/2015-/caderno-de-resumos---jornada-2015-with-numbers-ilovepdf-compressed-1.pdf>. Acesso em: 18 out. 2015.

BONFIM, E. B; SANT’ANA, R. C.; BERNARDES, J. C.; PEREIRA, M. E. B. G.; VIEIRA, S. C. Análise das TIC acessadas por produtores rurais familiares da Associação de Bananicultores de Tupã/SP. XVII Congresso de Iniciação Científica UNESP. 2015. Disponível em: <http://prope.unesp.br/cic/adm/ver_resumo.php?area=100083&subarea=25248&congresso=37&CPF=40470538805>. Acesso em: 22 out. 2015.

BORDENAVE, J. E. D. O que é comunicação rural. São Paulo: Ed. Brasiliense, 1983.

BRASIL. Ministério da Comunicação. Dados. 2015. Disponível em: <http://www.mc.gov.br/dados>. Acesso em: 25 out. 2015.

CETIC.BR. Pesquisa sobre o uso das tecnologias da informação e da comunicação no Brasil. 2014.

DUARTE, J. A. M. Comunicação e Tecnologia na cadeia produtiva da soja em MT. Tese do Curso de Pós-Graduação em Comunicação Social. São Bernardo do Campo SP: Universidade Metodista de São Paulo, 2004. Disponível em <http://ibict.metodista.br/tedeSimplificado/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=45>. Acesso em: 20 out. 2015.

LUCENA, A.; LEITE, S. N. Comunicação Rural no Brasil: o papel das relações públicas no agronegócio. Trabalho apresentado no XVI Congresso de Ciências de Comunicação na Região Nordeste – Intercom – Sociedade Brasileira De Estudos Interdisciplinares Da Comunicação, realizado de 15 a 17 de Maio de 2014. Jão Pessoa/PB. Disponível em:<http://www.portalintercom.org.br/anais/nordeste2014/resumos/R42-0076-1.pdf>. Acesso em: 15 jun 2015.

MAGALHÃES, H. A. Comunicação e Desenvolvimento no Meio Rural. Goiânia: UFG, 2004. Disponível em: <http://www.fsma.edu.br/esfera/Artigos/Esfera_3_artigo_1.pdf>. Acesso em: 20 out. 2015.

MATTOS, F. A. Os limites da inclusão digital no Brasil. In: Encontro Latino Americano de Economia Aplicada, Economia Política de Informação, Comunicação e Cultura. Bahia, p. 1-20, 2004. Disponível em: <http://www.gepicc.ufba.br/enlepicc/pdf/FernandoMattos.pdf>. Acesso em: 25 out. 2015.

MATTOS, F. A. M.; CHAGAS, G. J. N. Desafios para a inclusão digital no Brasil. Perspect. ciênc. inf., Belo Horizonte, v. 13, n. 1, p. 67-94, jan./abr. 2008. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362008000100006&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 24 out. 2015.

MEYER, H. W. J.; The transfer of agricultural information to rural communities. Tese não publicada. 2000. Univeisity of Pretoria. Pretória, África do Sul.

REBÊLO, P.; Inclusão digital: o que é e a quem se destina? Disponível em:<http://webinsider.com.br/2005/05/12/inclusao-digital-o-que-e-e-a-quem-se-destina/>. Acesso em: 25 out. 2015.

SILVA FILHO, A. M. Os três pilares da inclusão digital. Revista Espaço Acadêmico. n. 24, ano III, maio, 2003. Disponível em: <http://bogliolo.eci.ufmg.br/downloads/SILVA%20FILHO%20Os%20tres%20pilares.pdf>. Acesso em: 24 out. 2015.

VEIGA, J. E.; ABRAMOVAY, R.; EHLERS, E. Em direção a uma agricultura mais sustentável. In: Costa Ribeiro, W. (Org.). Patrimônio Ambiental Brasileiro. 1ª Ed. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2012. p. 305-333. Disponível em: <http://www.zeeli.pro.br/wp-content/uploads/2012/06/2003-c_Em-direcao-a-uma-agricultura-mais-sustentavel.pdf>. Acesso em: 20 out. 2015.

VIERO, V.C.; SILVEIRA, A. C. M. Apropriação de tecnologias de informação e comunicação no meio rural brasileiro. Cadernos de Ciência & Tecnologia, Brasília, Brasília, DF, v. 28, n.1, jan./abr. 2011. Disponível em <https://www.marilia.unesp.br/Home/Graduacao/PETBiblioteconomia/apropriacao-de-tic-no-meio-rural-brasileiro.pdf>. Acesso em: 21 out. 2015.

YIN, R.K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.

VIEIRA, S. C.; BERNARDO, C. H.C.; SANT’ANA, R. C. G. A relevância da comunicação rural na difusão de informações para a agricultura familiar: um estudo de caso do CoDAF. Em: XI Fórum Ambiental da Alta Paulista, 2015. (No prelo).

Downloads

Publicado

2016-03-22