A importância da pesquisa acadêmica para o desenvolvimento da Agricultura Familiar na perspectiva do acesso a mercados

Autores

  • Mara Elena Bereta de Godoi Pereira Universidade Estadual Paulista (UNESP)
  • Eliana Kátia Pupim Universidade Estadual Paulista (UNESP)

Palavras-chave:

Agricultura Familiar. Produção Acadêmica. Políticas Públicas. Estratégia de comercialização. Canais de comercialização.

Resumo

Considerando que a Agricultura Familiar tem se firmado como importante tema para agendas de pesquisa, o presente trabalho tem como objetivo principal descrever a produção acadêmica da autora Ana Elisa Bressan Smith Lourenzani, que ao longo de sua carreira acadêmica desenvolveu pesquisas acerca desta temática. Para tanto, realizou-se uma pesquisa descritiva, com escolha de pesquisa bibliográfica para coleta dos dados. Os documentos foram coletados em bases de dados de nível internacional e em anais de eventos científicos, considerando as variáveis: títulos e palavras-chaves que continham os termos “Agricultura Familiar” e/ou “Pequeno Produtor”, objetivos dos trabalhos publicados, e os objetos de discussão tratados. Os resultados demonstraram que a autora publicou 07 artigos completos em periódicos e 16 em anais de eventos científicos. Os objetos de discussão mais utilizados foram políticas públicas direcionadas à comercialização, canais de comercialização, estratégias de comercialização, ações coletivas e desenvolvimento rural. Observa-se que os estudos da referida autora têm contribuído para o repensar das estratégias adotadas pelos agricultores familiares no tocante ao acesso a mercados, sejam eles institucionais ou privados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mara Elena Bereta de Godoi Pereira, Universidade Estadual Paulista (UNESP)

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Agronegócio e Desenvolvimento da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho", Câmpus de Tupã/SP. Especialista em Gestão do Agronegócio pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (2013). Graduação em Administração de Empresas pela Faculdade de Ciências Contábeis e Administração de Tupã (2002). Atualmente é Assistente Administrativo II do Câmpus da UNESP em Tupã/SP, exercendo a função em confiança de Assessora Administrativa I da Coordenadoria Executiva.

Eliana Kátia Pupim, Universidade Estadual Paulista (UNESP)

Doutoranda em Ciência da Informação (2014). Mestre em Ciência da Informação pela UNESP (2010). Especialista em Uso Estratégico de Tecnologias da Informação pela UNESP (2006). Graduada em Biblioteconomia pela Faculdade de Filosofia e Ciências - UNESP (1996). Experiências profissionais em bibliotecas universitária, particular, pública, especializada, escolar e comunitária, centro de documentação, arquivo jurídico e arquivo empresarial. Atualmente é Bibliotecária da UNESP, Campus de Tupã, membro do Grupo de Pesquisa Estudos Métricos em Informação (CNPq) e docente do curso de Enfermagem da Faculdades ESEFAP de Tupã,SP.

Referências

ABRAMOVAY, R. Paradigmas do capitalismo agrário em questão. 2 Ed. São Paulo-Campinas: Editora HUCITEC Editora da Unicamp, 1998.

ALTAFIN, I. Reflexões sobre o conceito de Agricultura Familiar. 2007 (Brochura de circulação restrita). Disponível em:<http://www.territoriosdacidadania.gov.br/dotlrn/clubs/extensouniversitaria/contents/photoflow-view/content-view?object_id=1635678>. Acesso em: 07 out. 2014.

BRASIL. Lei nº 11.326, de 24 de julho de 2006. Estabelece as diretrizes para a formulação da Política Nacional da Agricultura Familiar e Empreendimentos Familiares Rurais. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/lei/l11326.htm>. Acesso em: 03 out. 2016.

BUAINAIN, A. M.; ROMEIRO, A. R.; GUANZIROLI, C. Agricultura Familiar e o Novo Mundo Rural. Sociologias, Porto Alegre, v. 5, n. 10, p. 312-347, jul./dez. 2003.

FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION OF THE UNITED NATIONS - FAO. Ano Internacional da Agricultura Familiar 2014. Disponível em: <http://www.fao.org/family-farming-2014/pt/>. Acesso em: 27 set. 2016.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002.

GUANZIROLI, C. Desenvolvimento territorial rural no Brasil: uma polêmica. In: FROEHLICH, J. M. (Org.). Desenvolvimento territorial: produção, identidade e consumo. Ijuí: Editora Unijuí, 2011. Parte II, p. 203-224.

GUANZIROLI, C.; ROMEIRO, A.; BUAINAIN, A.M.; DI SABBATO, A., BITTENCOURT, G.. Agricultura Familiar e reforma agrária no século XXI. Rio de Janeiro: Garamond, 2001.

GUILHOTO, J. J.M.; ICHIHARA, S. M.; SILVEIRA, F. G.; DINIZ, B. P. C.; AZZONI, C.R.; MOREIRA, G.R.C. A importância da Agricultura Familiar no Brasil e em seus Estados. In.: ENCONTRO NACIONAL DE ECONOMIA, 35., 2007. Recife: ANPEC, 2007.

LOURENZANI, A. E. B. S. Currículo do sistema da Plataforma Lattes. [Brasília]: CNPq, 27 ago. 2016. Disponível em: <http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4761701H5>. Acesso em: 03 out. 2016.

MARCONI, M. de A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

MEDINA, G.; ALMEIDA, C.; NOVAES, E.; GODAR, J.; POKORNY, B. Development conditions for family farming: lessons from Brazil. World Development. v. 74, p. 386–396, 2015.

RÖDER, E. S. F.; SILVA, E. L.. Agricultura Familiar e as teses de doutorado no Brasil. TransInformação, Campinas, v.25, n.2, p. 111-126, maio/ago. 2013.

SATOLO, E. ; LOURENZANI, A. E. B. S. ; PEREIRA, M. E. B. G. ; BORDIN, D. . Análise das publicações sobre a temática agricultura familiar na América Latina. In: JORNADAS INTERDISCIPLINARIAS DE ESTUDIOS AGRARIOS Y AGROINDUSTRIALES ARGENTINOS Y LATINOAMERICANOS, 9., 2015, Buenos Aires. Anais... Buenos Aires: Universidad de Buenos Aires, 2015.

WANDERLEY , M. N. B. Agricultura Familiar e campesinato: rupturas e continuidade. Estudos Sociedade e Agricultura, Rio de Janeiro, v. 21, p. 42-61, outubro. 2003.

Downloads

Publicado

2016-11-03

Como Citar

PEREIRA, Mara Elena Bereta de Godoi; PUPIM, Eliana Kátia. A importância da pesquisa acadêmica para o desenvolvimento da Agricultura Familiar na perspectiva do acesso a mercados. Revista Eletrônica Competências Digitais para Agricultura Familiar, Tupã, São Paulo, Brasil, v. 2, n. 1, p. 41–52, 2016. Disponível em: https://owl.tupa.unesp.br/recodaf/index.php/recodaf/article/view/21. Acesso em: 18 maio. 2024.